Resultados exatos
Procurar nos títulos
Procurar no conteúdo
Procurar nos comentários
Search in excerpt
Procurar nas mensagens
Procurar nas páginas
Search in groups
Search in users
Search in forums
Filtrar por tipo
Filter by Categories
Devocional
Notícias
Palavra dos pastores
Uncategorized
Vida Cristã

Data:
naassom-azevedo-181804-1024x683

“Depois de contar o povo, Davi sentiu remorso e disse ao Senhor: “Pequei gravemente com o que fiz! Agora, Senhor, eu imploro que perdoes o pecado do teu servo, porque cometi uma grande loucura!”.” (2 Samuel 24:10)

Ninguém precisou dizer nada. A contagem terminou e o remorso atingiu Davi. Ele quis contar os guerreiros porque isso o faria sentir-se poderoso. Quando a arrogância e a ilusão foram reveladas, Davi confessou seu pecado ao Senhor.

Quando temos certeza de que fizemos algo errado, sentimo-nos envergonhados. Devemos, porém, ter cuidado para que Satanás não nos faça sentir tão condenados que fiquemos envergonhados demais diante do Senhor. O inimigo quer que lutemos com a culpa até não conseguirmos mais orar. O Senhor, entretanto, nos deu um meio de livrar-nos desse tipo de condenação: a confissão.

Confessar é mais que apenas pedir desculpas. Há indivíduos que são ótimos em apresentar desculpas. De fato, algumas vezes dizem “sinto muito” sem na verdade admitir qualquer falta. Esses são os pedidores de desculpas profissionais. Já a verdadeira confissão significa reconhecer que erramos e admitir o pecado.

A confissão e o arrependimento não anulam as consequências. Davi foi ao lugar certo e fez o que era certo, mas ainda teve de pagar o preço. Algumas vezes o pecado traz consequências com as quais devemos lidar, com a ajuda do Senhor.

Quando se sentir culpado e precisar confessar um erro, não hesite. Peça também a Deus que lhe mostre qualquer pecado que precise ser confessado. Você ficará surpreso com a rápida resposta do Senhor a essa oração.

Fonte: Diante do Trono

CategoryDevocional
Topo
Compartilhar: