Resultados exatos
Procurar nos títulos
Procurar no conteúdo
Procurar nos comentários
Search in excerpt
Procurar nas mensagens
Procurar nas páginas
Search in groups
Search in users
Search in forums
Filtrar por tipo
Filter by Categories
ACONTECE
Devocional
Notícias
Palavra dos pastores
Uncategorized
Vida Cristã

Data:

“Mas reconheça o seu pecado: você se rebelou contra o Senhor, o seu Deus, e ofereceu os seus favores a deuses estranhos, debaixo de toda árvore verdejante, e não me obedeceu”, declara o Senhor. (Jeremias 3:13)

Não há nada mais pesado que o pecado. Só percebemos isso quando sentimos seu peso esmagar nossa alma. Só entendemos quanto ele é destrutivo quando nos despedaçamos contra a parede que ele ergueu entre Deus e nós. Por isso, é sempre melhor confessar o pecado assim que nos damos conta dele e purificar nosso coração de imediato. A Bíblia nos alerta: “Pecadores, limpem as mãos, e vocês, que têm a mente dividida, purifiquem o coração.” (Tg 4:8).

A confissão tem por objetivo apresentar o pecado diante de Deus. Ao confessá-lo, você não está dizendo nada que Deus não saiba. Ele conhece todas as coisas, mas deseja que você se conscientize de que errou o alvo. Confessar, porém, não é apenas desculpar-se. O pedido de desculpa nem sempre é acompanhado de um coração arrependido, e muitas vezes não passa de formalidade. A verdadeira confissão acontece quando alguém admite o erro cometido e arrepende-se de tê-lo feito.

Em suas orações, fale de suas fraquezas para Deus e peça que ele o ajude a realizar mudanças onde elas são necessárias. Deseje purificar seu coração conforme ele ordenou em sua Palavra. Peça-lhe que abra seus olhos para o que você precisa ver a fim de admitir seus pecados, confessá-los e deles se arrepender.

Fonte: Diante do Trono

CategoriaDevocional
Topo
Compartilhar: