Resultados exatos
Procurar nos títulos
Procurar no conteúdo
Procurar nos comentários
Search in excerpt
Procurar nas mensagens
Procurar nas páginas
Search in groups
Search in users
Search in forums
Filtrar por tipo
Filter by Categories
Devocional
Notícias
Palavra dos pastores
Uncategorized
Vida Cristã

Data:
images-51

Pois não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas, mas sim alguém que, como nós, passou por todo tipo de tentação, porém, sem pecado. Assim, aproximemo-nos do trono da graça com toda a confiança, a fim de recebermos misericórdia e encontrarmos graça que nos ajude no momento da necessidade. (Hebreus 4:15-16)

Jesus nos compreende inteiramente porque deixou o céu e veio à terra como ser humano. Ele, “embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se; mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens.” (Fp 2:6-7). Jesus era plenamente Deus e plenamente humano, como nós. Ele sofreu angústia, perseguição e dor, podendo então compreender nossa angústia, perseguição e dor. Foi tentado de todas as formas e, portanto, compreende nossa luta com a tentação. Embora nunca tivesse cedido à tentação, ele entende que muitas vezes nós não resistimos a ela.

Por esse motivo, especialmente em tempos de fraqueza, tentação, confusão ou vergonha, devemos orar com coragem e confiança, cientes de que Jesus nos compreende. Sabemos que ele está presente em meio a tudo o que nos perturba, interferindo em nosso favor. Sabemos que, por estarmos com Ele —o Filho amado de Deus que morreu para nos salvar —, Deus ouve nossas orações como filhos amados. Podemos ter confiança diante de Deus por causa de Jesus.

Fonte: Diante do Trono

CategoryDevocional
Topo
Compartilhar: