Resultados exatos
Procurar nos títulos
Procurar no conteúdo
Procurar nos comentários
Search in excerpt
Procurar nas mensagens
Procurar nas páginas
Search in groups
Search in users
Search in forums
Filtrar por tipo
Filter by Categories
Devocional
Notícias
Palavra dos pastores
Uncategorized
Vida Cristã

Data:
ben-white-165035-1024x684

“Davi disse a Deus: “Não fui eu que ordenei contar o povo? Fui eu que pequei e fiz o mal. Estes não passam de ovelhas. O que eles fizeram? Ó Senhor meu Deus, que o teu castigo caia sobre mim e sobre a minha família, mas não sobre o teu povo!”.” (1 Crônicas 21:17)

Humilhar e derrotar pessoas a quem Deus chamou parece ser uma especialidade do inimigo de nossa alma.

Satanás tentou Davi e este engoliu a isca (1 Cr 21:1-2). Contar o número de guerreiros alimentava a sensação de poder do rei. Satanás conhecia o ponto fraco de Davi: o orgulho.

Quando Joabe voltou com a contagem, o rei compreendeu que pecara e reconheceu-o. O Senhor usou essa oportunidade para ensinar a Davi uma lição sobre a responsabilidade: quando pecamos, as consequências são reais e geralmente ferem outros.

Quando um rei peca, todo o povo sofre. Deus concedeu a Davi escolher entre as consequências que afetariam tanto o rei quanto o povo. Davi escolheu submeter-se ao castigo de Deus, em vez de sofrer nas “mãos dos homens” (1 Cr 21:13). Os efeitos de sua escolha, porém, aniquilaram Davi. Setenta mil homens morreram com uma praga. O rei obteve uma perspectiva mais profunda da gravidade do pecado e da santidade de Deus. Ele suplicou ao Senhor que o castigasse e poupasse o resto do povo. Deus suspendeu a praga, e Davi ofereceu sacrifícios. O último vislumbre de Davi nesse episódio mostra um rei purificado e respeitoso diante de Deus.

Precisamos confessar a Deus nossos pecados, em especial o do orgulho. Embora possa haver consequências duras pelo pecado que cometemos, quando nos colocamos na presença de Deus com coração humilde, podemos ser perdoados, e o bem pode surgir.

Fonte: Diante do Trono

CategoryDevocional
Topo
Compartilhar: