Resultados exatos
Procurar nos títulos
Procurar no conteúdo
Procurar nos comentários
Search in excerpt
Procurar nas mensagens
Procurar nas páginas
Search in groups
Search in users
Search in forums
Filtrar por tipo
Filter by Categories
Devocional
Notícias
Palavra dos pastores
Uncategorized
Vida Cristã

Data:
naassom-azevedo-181804-1024x683

Ouve, nosso Deus, as orações e as súplicas do teu servo. […] Não te fazemos pedidos por sermos justos, mas por causa da tua grande misericórdia. (Daniel 9:17-18)

Daniel tinha muitas razões para estar profundamente alarmado. Seu povo achava-se no exílio, e ele suplicava a Deus pelo fim do cativeiro e sua volta a Jerusalém. Entretanto, não pedia ajuda a Deus pelos merecimentos do povo. Fazia-o por saber que Deus era um Deus misericordioso. Daniel clamou “por causa da tua grande misericórdia”. Sua oração ardente era uma petição a um Deus santo e justo, um Deus que concede graça em situações difíceis por causa de sua natureza. A graça jamais pode ser ganha em troca de algo ou por nosso merecimento. A própria salvação é obra da graça de Deus. “Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus; não por obras, para que ninguém se glorie” (Ef 2:8-9).

Quando atravessamos circunstâncias difíceis, podemos pedir ajuda a Deus, mesmo que não a mereçamos. Como o cobrador de impostos descrito por Jesus em uma de suas parábolas, podemos dizer: “Deus, tem misericórdia de mim, que sou pecador” (Lc 18:13).

Louve então ao Senhor porque sua ajuda não depende do que fazemos ou de nossas “obras”, mas de quem Ele é.

Fonte: Diante do Trono

CategoryDevocional
Topo
Compartilhar: