Resultados exatos
Procurar nos títulos
Procurar no conteúdo
Procurar nos comentários
Search in excerpt
Procurar nas mensagens
Procurar nas páginas
Search in groups
Search in users
Search in forums
Filtrar por tipo
Filter by Categories
Devocional
Notícias
Palavra dos pastores
Uncategorized
Vida Cristã

Data:
images-9

“À medida que Salomão foi envelhecendo, suas mulheres o induziram a voltar-se para outros deuses, e o seu coração já não era totalmente dedicado ao Senhor, o seu Deus, como fora o coração do seu pai Davi.” (1 Reis 11:4)

Como alguém tão sábio como Salomão pôde afastar-se tanto dos caminhos do Senhor? Sua sabedoria se transformara em orgulho? Pensaria ser ele, e não Deus, o responsável por sua riqueza e bênçãos?

Durante vinte de seus quarenta anos de reinado, Salomão pareceu usar sua sabedoria de modo agradável a Deus. Entretanto, pouca menção se faz à sua vida de oração. Embora Salomão tenha oferecido sacrifícios no templo três vezes por ano, não há registro de conversas com Deus durante essas visitas, o que talvez signifique que eram simples formalidade.

Salomão encheu sua vida com tesouros, e foi aí onde acabou seu coração. “O rei Salomão era o mais rico e o mais sábio de todos os reis da terra.” (1 Re 10:23). Deus prometera isso. (1 Re 3:13).

Com toda essa sabedoria, as riquezas não lhe deveriam ter subido à cabeça. Mas subiram! Jesus disse: “Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração.” (Mt 6:21). Uma vez que o coração de Salomão se fixou na riqueza material, foi fácil para suas mulheres estrangeiras afastarem o coração dele do Deus que tão ricamente o abençoara.

Qualquer um de nós pode ser tentado a colocar as coisas acima do relacionamento com Deus. É por isso que devemos pedir-lhe que nos mostre se alguma posse ou desejo está interferindo na caminhada com ele. Devemos pedir ao Senhor sabedoria e força para resistir a qualquer coisa que tente nosso coração a afastar-se dele.

Fonte: Diante do Trono

CategoryDevocional
Topo
Compartilhar: