Resultados exatos
Procurar nos títulos
Procurar no conteúdo
Procurar nos comentários
Search in excerpt
Procurar nas mensagens
Procurar nas páginas
Search in groups
Search in users
Search in forums
Filtrar por tipo
Filter by Categories
Devocional
Notícias
Palavra dos pastores
Uncategorized
Vida Cristã

Data:
f846riappf001-br001-239148-1-m-shutterstock_images

“Eu lhes envio a promessa de meu Pai; mas fiquem na cidade até serem revestidos do poder do alto.” (Lucas 24:49)

O começo da minha vida cristã foi incrível. Sentia-me crescer nas coisas de Deus cada semana. Estava aprendendo a caminhar com o Senhor e a orar ao Deus do impossível.

Como sua filha, tenho o direito de chegar ao Pai celestial em oração (Jo 1:12; Hb 10:19). Mas também sou responsável pelo meu lado da parceira com Deus em oração. Se não usarmos a chave de oração, é bem provável que nada aconteça. Não haverá nada liberado ou desbloqueado.

A oração é uma arma eficaz e poderosa. O problema é que, às vezes, deixamos de usar essa arma que nos disponibiliza o poder de Deus. Deparamo-nos com uma situação e nos esquecemos de usar a oração para nos mover poderosamente em meio a ela e através dela.

Frequentemente, achamos que o poder da oração não está disponível a pessoas comuns como nós. Mas Deus diz que ele é para todo aquele que o ama de todo seu ser e que ama ao próximo como a si mesmo. O poder de Deus está sempre disponível, mas se não usamos a chave da oração, não nos apropriaremos desse poder para nossa vida.

É a vontade de Deus esperar por nosso convite. Se orarmos e convidarmos o poder soberano de Deus a se manifestar, então ele se moverá em poder. Assim, seu reino entrará em nossa vida, nas circunstâncias e operará aquilo que ele desejou para nós lá nos céus. Quando compreendermos isso, ficaremos inspirados a orar como nunca.

Fonte: Diante do Trono

CategoryDevocional
Topo
Compartilhar: