Resultados exatos
Procurar nos títulos
Procurar no conteúdo
Procurar nos comentários
Search in excerpt
Procurar nas mensagens
Procurar nas páginas
Search in groups
Search in users
Search in forums
Filtrar por tipo
Filter by Categories
ACONTECE
Devocional
Notícias
Palavra dos pastores
Uncategorized
Vida Cristã

Data:

“Clamo ao Senhor, que é digno de louvor.” (Salmos 18:3)

Deus é merecedor de todo o louvor (Sl 48:1). Mas louvá-lo nem sempre é primeira reação quando as coisas não andam conforme planejamos ou desejamos. Precisamos adquirir o hábito saudável de louvar o Senhor em todo o tempo, independentemente do que estiver acontecendo ao nosso redor ou dentro de nós. É preciso lembrar que ele está sempre no controle e que fará o bem resultar de qualquer situação, sempre objetivando cooperar para abençoar grandemente a nossa vida.

Hoje, quando eu chego a um ponto onde estou agindo somente com minhas próprias forças e não saio do lugar, eu paro onde estou e louvo a Deus. Essa atitude tem destrancado até mesmo as portas mais emperradas e iluminado as noites mais escuras. Louvar a Deus tira sua mente de si mesmo e direciona-a ao Senhor. Louvar o ajuda a encontrar seu caminho quando você não sabe qual é o próximo passo a dar.

Há poder no louvor. Deus habita em nosso meio quando o louvamos e, em sua presença, encontramos cura, transformação e direcionamento para nossa vida. O louvor quebranta a dureza do coração e o transforma em terra fofa e o reveste de proteção.

Louvar a Deus é sempre um ato de vontade. Muitas vezes, os fardos que carregamos sufocam nossas boas intenções, portanto temos de nos esforçar para fazer do louvor um estilo de vida. Ele se tornará um estilo de vida quando fizermos dele nossa reação inicial diante de qualquer coisa que enfrentarmos e não a final. É aí que encontramos verdadeira libertação no Senhor.

Fonte: Diante do Trono

CategoriaDevocional
Topo
Compartilhar: