Resultados exatos
Procurar nos títulos
Procurar no conteúdo
Procurar nos comentários
Search in excerpt
Procurar nas mensagens
Procurar nas páginas
Search in groups
Search in users
Search in forums
Filtrar por tipo
Filter by Categories
Devocional
Notícias
Palavra dos pastores
Uncategorized
Vida Cristã

Data:
ben-white-170383-2-1024x684

“Porque os olhos do Senhor estão sobre os justos e os seus ouvidos estão atentos à sua oração; mas o rosto do Senhor volta-se contra os que praticam o mal.” (1 Pedro 3:12)

Quando Pedro escreveu sobre os ouvidos atentos do Senhor, citava o salmo 34, escrito por Davi depois de ter escapado com vida das garras do rei Saul. Davi partiu rumo a uma terra estrangeira, mas, ao chegar lá compreendeu que era conhecido como alguém que poderia ameaçar a autoridade do rei. A fim de livrar-se dessa situação, ele fingiu estar louco, até que o rei o expulsou literalmente da cidade (1Sm 21).

Depois disso, ele escreveu o salmo citado por Pedro, celebrando o fato de que Deus ouvira seus clamores: “Busquei o Senhor, e ele me respondeu; livrou-me de todos os meus temores […] Este pobre homem clamou, e o Senhor o ouviu; e o libertou de todas as suas tribulações […] Os olhos do Senhor voltam-se para os justos e os seus ouvidos estão atentos ao seu grito de socorro […] Os justos clamam, o Senhor os ouve e os livra de todas as suas tribulações. O Senhor está perto dos que têm o coração quebrantado e salva os de espírito abatido” (Sl 34:4,6,15,17-18).

Davi passou por sofrimentos, perdas e situações penosas. Em meio a tudo isso, porém, ele sabia que em cada situação Deus não só ouvia, mas respondia.

Podemos ter essa mesma certeza: Deus não só ouve nossos pedidos, como nosso coração. Ele não só ouve o que desejamos como também sabe do que precisamos.

Fonte: Diante do Trono

CategoryDevocional
Topo
Compartilhar: