Resultados exatos
Procurar nos títulos
Procurar no conteúdo
Procurar nos comentários
Search in excerpt
Procurar nas mensagens
Procurar nas páginas
Search in groups
Search in users
Search in forums
Filtrar por tipo
Filter by Categories
Devocional
Notícias
Palavra dos pastores
Uncategorized
Vida Cristã

Data:
Unknown-8

“Por amor de Sião eu não sossegarei, por amor de Jerusalém não descansarei enquanto a sua justiça não resplandecer como a alvorada, e a sua salvação, como as chamas de uma tocha.”  (Isaías 62:1)

Isaías intercedeu com fervor pelo livramento e pela restauração de sua nação. Ele orou também com a esperança de um homem que tinha uma visão para o futuro de seu povo.

Devemos orar com essa mesma combinação de intensidade e visão. Ao reconhecer que a única esperança de livramento e restauração se encontra em Deus, somos levados a orar com paixão. Temos esperança porque sabemos que nada é impossível para Deus. Em suas mãos, a situação será resolvida, a pergunta, respondida, a ferida, curada, a opressão, dissipada.

A oração de Isaías nos faz lembrar várias coisas. a primeira é o fervor que devemos ter na oração, não só por nossa vida, mas pela vida de familiares e dos cidadãos de nossa comunidade e nação. A segunda é que o único alvo de nossa esperança é Deus, mesmo que nos iludamos pensando durante algum tempo que podemos cuidar sozinhos das coisas. Finalmente, a oração de Isaías nos lembra que, por mais desesperadora que pareça a situação, Deus é nossa luz.

Todo livramento e toda restauração vêm do Senhor. Foi Deus quem “nos livrou e continuará nos livrando de tal perigo de morte. Nele temos colocado a nossa esperança de que continuará a livrar-nos” (2 Co 1:10). Deus faz um trabalho completo e o acompanhará até o fim. Confie que “aquele que começou boa obra em vocês, vai completá-la até o dia de Cristo Jesus.” (Fp 1:6).

Por mais difícil que a situação pareça, não desista, porque Deus não descansará até que sua justiça resplandeça como a alvorada e sua salvação seja como as chamas de uma tocha (Is 62:1).

Fonte: Diante do Trono

CategoryDevocional
Topo
Compartilhar: