Resultados exatos
Procurar nos títulos
Procurar no conteúdo
Procurar nos comentários
Search in excerpt
Procurar nas mensagens
Procurar nas páginas
Search in groups
Search in users
Search in forums
Filtrar por tipo
Filter by Categories
Devocional
Notícias
Palavra dos pastores
Uncategorized
Vida Cristã

Data:
stalker

“O que eu temia veio sobre mim; o que eu receava me aconteceu. Não tenho paz, nem tranquilidade, nem descanso; somente inquietação.” (Jó 3:25-26)

Jó era considerado por Deus um homem justo; no entanto, tinha medo. Temia pelos filhos e por sua saúde. Temia perder tudo. Quando tais temores tornaram-se realidade, ele disse: “Não tenho […] descanso; somente inquietação.”. Esmagado pela dor, Jó desejou nunca ter nascido. Embora tivesse vivido segundo as leis divinas e adorado a Deus em vez dos bens, ele foi afligido. Quem pode criticar Jó por sua reação? Quantos de nós perdemos tudo, incluindo filhos, saúde e bens? Como responderíamos a tão horrível situação?

Quando ocorre o que mais tememos, a única reação em meio ao sofrimento deve ser de louvor a Deus. Isso não significa que temos de agir como se nada ruim tivesse ocorrido, até porque o pesar saudável é importante. O que precisamos é reconhecer que tudo o que se refere a Deus é sempre verdade, independentemente do que esteja acontecendo e de quanto medo tenhamos.

Quaisquer que sejam suas lágrimas mais ardentes, leve cada uma delas a Deus. Agradeça-lhe por ele ser maior que todas elas. Agradeça-lhe porque na presença dele toda lágrima desaparece.

O amor de Deus pode eliminar seu medo e conceder-lhe poder para resistir ao inimigo quando ele desejar que o medo a sobrepuje. Mesmo que lhe sobrevenham os piores receios, o amor de Deus lhe assegura que ele andará com você a cada passo do caminho, conduzindo-o à restauração.

Fonte: Diante do Trono

CategoryDevocional
Topo
Compartilhar: