Resultados exatos
Procurar nos títulos
Procurar no conteúdo
Procurar nos comentários
Search in excerpt
Procurar nas mensagens
Procurar nas páginas
Search in groups
Search in users
Search in forums
Filtrar por tipo
Filter by Categories
Devocional
Notícias
Palavra dos pastores
Uncategorized
Vida Cristã

Data:
chad-kirchoff-144869-unsplash-1024x576

Naquele dia você dirá: “Eu te louvarei, Senhor! Pois estavas irado contra mim, mas a tua ira desviou-se, e tu me consolaste. Deus é a minha salvação; terei confiança e não temerei. O Senhor, sim, o Senhor é a minha força e o meu cântico; ele é a minha salvação!”. (Isaías 12:1-2)

Não devemos nos iludir pensando que Deus releva nosso pecado porque nos ama. O pecado é hediondo e não será tolerado por nosso Deus santo.

O pecado, no entanto, integra nossa natureza. Paulo escreveu: “Sei que nada de bom habita em mim, isto é, em minha carne. Porque tenho o desejo de fazer o que é bom, mas não consigo realizá-lo. Pois o que faço não é o bem que desejo, mas o mal que não quero fazer, esse eu continuo fazendo.” (Rm 7:18-19). Embora sejamos salvos do pecado, continuamos a lutar contra ele. Satanás procura levar-nos a pecar, a fim de nos tornar inúteis para o reino de Deus.

A Bíblia diz: “O Anjo do Senhor é sentinela ao redor daqueles que o temem, e os livra.” (Sl 34:7). Sempre que o inimigo tentar levá-lo a pecar, use sua espada, a Palavra de Deus, e abafe a voz do inimigo através do louvor.

Muitas vezes o que parece o velho pecado voltando à tona pode ser outra camada que emerge e precisa ser removida. Essas camadas profundas de servidão podem ferir mais que as primeiras. se cair, lembre-se de que possui a arma do arrependimento. Vá imediatamente a Deus. Confesse-lhe o pecado e purifique-se. A ira de Deus se retirará e ele o consolará (Is 12:1).

Então, louve a Deus por todas as coisas gloriosas que ele fez e está fazendo em sua vida.

Fonte: Diante do Trono

CategoryDevocional
Topo
Compartilhar: