Resultados exatos
Procurar nos títulos
Procurar no conteúdo
Procurar nos comentários
Search in excerpt
Procurar nas mensagens
Procurar nas páginas
Search in groups
Search in users
Search in forums
Filtrar por tipo
Filter by Categories
Devocional
Notícias
Palavra dos pastores
Uncategorized
Vida Cristã

Data:
2023681422-eyshila-e-matheus

Eyshila usou as redes sociais para contar sobre o seu processo de luto. (Foto: Reprodução/Instagram)

Eyshila falou sobre o seu processo de luto, dois anos após a morte de seu filho.

Dois anos após a morte de seu filho, a cantora Eyshila usou as redes sociais para contar sobre o seu processo de luto. Matheus Oliveira faleceu aos 17 anos, no dia 14 de junho de 2016, duas semanas após ter sido diagnosticado com uma meningite viral.

“Foi o dia mais infeliz da minha vida. Com muito pesar eu tive que dizer a todas as pessoas no Brasil e do mundo que Deus havia recolhido para Si o meu filho, meu primogênito, apesar de todas as orações que estavam sendo feitas em favor daquele que seria o maior milagre já vivido por nós”, disse a cantora nesta quinta-feira (14).

“Porém, aprouve a Deus dizer sim de outra maneira. O sim de Deus foi para que o meu filho rompesse as portas da eternidade e fosse curado para sempre. Não aqui, mas em Deus e para Deus. Não temos mais acesso a ele por enquanto. Ficou a saudade”, ela acrescenta.

Eyshila conta que sua família viveu cada fase do luto, conforme a cartilha da psicologia: negação, raiva, barganha, depressão e aceitação. “Mesmo sabendo que isso pode variar dependendo de cada caso e situação, quero declarar publicamente diante de vocês e do mundo espiritual que HÁ VIDA APÓS O LUTO”, destacou. “Vencemos uma longa e difícil etapa até aqui e ainda temos um caminho a percorrer, mas não vamos desistir”.

A cantora afirma que irá encarar o dia de morte de seu filho de outra maneira. “Quero ressignificar essa data, que se eu pudesse apagaria do meu calendário, mas já que não posso, vou marcá-la com novas experiências. Todos os dias 14 de junho que estiverem diante de mim, em nome de Jesus, serão carimbados com um novo sonho, um novo projeto”.

“Eu achei que jamais seria capaz de viver, muito menos sonhar depois de devolver um filho a Deus. O Espírito Santo me provou o contrário. Finalmente entendo o que significa ‘posso todas as coisas naquele que me fortalece'”, acrescenta. “Não nego as lágrimas que ainda choro, não nego a saudade que ainda vem marcada pela dor, mas preciso expressar a minha gratidão ao Deus que me curou, e há de completar a Sua obra em nossas vidas”.

No final de sua reflexão, Eyshila enviou uma mensagem de ânimo para pessoas que estão vivendo o luto: “Ele pode visitar você, mãezinha que perdeu seu filho, filhinho que perdeu seus pais, avós que enterraram seus netos, creiam nisso. Deus é o nosso Consolador. O choro pode e vai durar algumas, talvez muitas noites, mas vai amanhecer”.

Fonte: Guia-me

 

CategoryNotícias
Topo
Compartilhar: