Resultados exatos
Procurar nos títulos
Procurar no conteúdo
Procurar nos comentários
Search in excerpt
Procurar nas mensagens
Procurar nas páginas
Search in groups
Search in users
Search in forums
Filtrar por tipo
Filter by Categories
ACONTECE
Devocional
Notícias
Palavra dos pastores
Uncategorized
Vida Cristã

Data:

Houve uma guerra entre Amaleque e os israelitas durante a sua jornada pelo deserto, antes de entrarem na Terra Prometida. Josué estava com os exércitos das doze tribos no vale, enquanto Moisés, Arão e Hur subiram o monte, de onde acompanhariam a peleja.

Enquanto Moisés erguia suas mãos, o exército de Israel prevalecia, mas, quando ele baixava as mãos, Amaleque prevalecia. O texto bíblico nos diz: “Ora, as mãos de Moisés eram pesadas; por isso, tomaram uma pedra e a puseram por baixo dele, e ele nela se assentou; Arão e Hur sustentavam-lhe as mãos, um, de um lado, e o outro, do outro; assim lhe ficaram as mãos firmes até ao pôr do sol” (Ex 17.12). Com esta estratégia de grande significado espiritual, o povo de Israel venceu a batalha. E isso nos mostra como podemos vencer os inimigos e conquistar a Terra Prometida: sustentando a liderança, os pastores, em oração. As mãos abençoadoras precisam estar levantadas, porém sustentadas pelos intercessores.

Nesses dois mil anos da existência do cristianismo, homens e mulheres de Deus, pastores do rebanho do Senhor têm sido sustentados pelas orações de anônimos intercessores. É preciso compreender essa verdade e manter os braços de nossos líderes erguidos, para que o inimigo seja vencido e o propósito de Deus seja alcançado por meio de vidas libertas e salvas. Seja você um intercessor. Ore pelos pastores e pela liderança da igreja. Avancemos de joelhos para conquistar o que Deus planejou para Seu povo nesta geração.

:: PRª. ÂNGELA VALADÃO

FONTE: Lagoinha

CategoriaVida Cristã
Topo
Compartilhar: