Resultados exatos
Procurar nos títulos
Procurar no conteúdo
Procurar nos comentários
Search in excerpt
Procurar nas mensagens
Procurar nas páginas
Search in groups
Search in users
Search in forums
Filtrar por tipo
Filter by Categories
Devocional
Notícias
Palavra dos pastores
Uncategorized
Vida Cristã

Data:
images-20

“Assim, conhecemos o amor que Deus tem por nós e confiamos nesse amor. Deus é amor. Todo aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus nele.” (1 João 4:16)

A questão do amor é uma questão muito importante. Todos querem e precisam de amor. Não precisamos viver sem amor, pois Deus nos ama de forma completa e contínua. Não há nada que você possa fazer para fazê-lo amar você mais ou menos do que ele ama nesse exato momento.

É difícil se imaginar que somos amados por Deus quando sabemos que somos pecadores. Mas Deus sabe separar o pecador do pecado. Ele odeia o pecado, mas ama o pecador. Ele não nos ama porque merecemos seu amor; ele nos ama porque ele é um Deus de amor. É assim que ele é. Ele não pode ser algo que não é. E ele o ama porque você é sua criação e ele é seu Pai celestial. Não há como ele não amar você.

Quando um filho faz coisas das quais os pais não gostam, eles ainda o amam. O mesmo acontece com seu Pai celestial. Seu amor por você está sempre ali, independentemente do que você tenha feito. O amor das pessoas por nós pode mudar, dependendo do que façamos ou não para agradá-las. Mas o de Deus não muda. Ele a ama com um amor eternal, infinito, perpétuo e incondicional.

Deus não quer que o louvemos só com os lábios; ele quer que o louvemos de todo o coração. Ele não quer que o louvemos só porque alguém disse que devemos fazê-lo; ele quer que o louvemos porque nós o amamos (cf. Is 29:13). Quando você compreende quanto Deus o ama, não consegue fazer outra coisa senão louvá-lo por isso.

Fonte: Diante do Trono

CategoryDevocional
Topo
Compartilhar: