Resultados exatos
Procurar nos títulos
Procurar no conteúdo
Procurar nos comentários
Search in excerpt
Procurar nas mensagens
Procurar nas páginas
Search in groups
Search in users
Search in forums
Filtrar por tipo
Filter by Categories
Devocional
Notícias
Palavra dos pastores
Uncategorized
Vida Cristã

Data:
unknown

“A riqueza e a honra vêm de ti; tu dominas sobre todas as coisas. Nas tuas mãos estão a força e o poder para exaltar e dar força a todos. Agora, nosso Deus, damos-te graças, e louvamos o teu glorioso nome.” (1 Crônicas 29:12-13)

Davi queria preparar o caminho para o reinado do filho e para a construção do templo. Um de seus últimos gestos oficiais foi anunciar que acrescentaria uma oferta de seu tesouro real. Ele desafiou outros a darem com o mesmo espírito, a fim de honrar a Deus. “Agora, quem hoje está disposto a ofertar dádivas ao Senhor?” (1 Cr 29:5). A oferta resultante forneceu grande parte dos meios para a construção do templo.

O povo ficou surpreso com a própria generosidade. Davi sentiu-se tocado com as doações e fez uma das mais grandiosas orações de louvor na Bíblia. Não foi uma oração longa, mas exaltava a Deus e o reconhecia como o supremo provedor. Que maneira mais apropriada de reconhecer Deus como dono de tudo do que contribuir generosamente para a construção de um grande templo.

Depois que concedeu seu tesouro pessoal e louvou a Deus, Davi reconheceu o efeito que as ofertas do povo produziram nele e orou para que esse espírito de generosidade e confiança se constituísse sempre na marca registrada do povo de Deus. Davi concluiu insistindo com o povo: “Louvem o Senhor, o seu Deus” (1 Cr 29:20).

A oração fervorosa envolve louvor a Deus e oferta de honra e gratidão. Agir de outra maneira revela que reverenciamos mais os bens materiais do que Deus, que nos concedeu tudo que possuímos.

Fonte: Diante do Trono

CategoryDevocional
Topo
Compartilhar: