Resultados exatos
Procurar nos títulos
Procurar no conteúdo
Procurar nos comentários
Search in excerpt
Procurar nas mensagens
Procurar nas páginas
Search in groups
Search in users
Search in forums
Filtrar por tipo
Filter by Categories
Devocional
Notícias
Palavra dos pastores
Uncategorized
Vida Cristã

Data:
arco

“Toda vez que o arco-íris estiver nas nuvens, olharei para ele e me lembrarei da aliança eterna entre Deus e todos os seres vivos de todas as espécies que vivem na terra.” (Gênesis 9:16)

Você já parou para olhar o magnífico arco colorido após uma tempestade? Embora desapareça tão rapidamente quanto surge, o arco-íris alegra-nos o coração quando sua luminosidade afasta as nuvens cinzentas.

Esse arco nos liga ao momento pós-dilúvio, em que Deus firmou a aliança de que jamais voltaria a destruir a terra por esse meio. Muitos estudiosos creem que nos dias de Noé o povo nunca havia visto chuva. O dilúvio ocorreu quando “todas as fontes das grandes profundezas jorraram, e as comportas do céu se abriram” (Gn 7:11). A chuva desceu dos céus — e continuaria a cair pelo restante das eras. Noé, entretanto, não precisava temer a próxima tempestade, porque Deus fizera uma promessa. A chuva passaria, e viria o arco-íris. Esse sinal seria um lembrete de que Deus cumpre o que promete.

O que isso tem a ver com oração? Tudo! O que dizemos em voz alta, ou no coração, proclama a verdade das promessas de Deus sobre as quais ouvimos ou lemos na Bíblia, e isso fortalece nossa fé.

Satanás quer que acreditemos que Deus nos abandonou e renegou suas promessas. Deus quer que saibamos que elas são verdadeiras, apesar de nossa limitada perspectiva humana. Ao afirmarmos nossa fé nas promessas, nos dispomos a ver mais da perspectiva de Deus e menos da perspectiva do inimigo.

Da próxima vez que você admirar um arco-íris, agradeça a Deus por sempre cumprir suas promessas.

Fonte: Diante do Trono

CategoryDevocional
Topo
Compartilhar: