Resultados exatos
Procurar nos títulos
Procurar no conteúdo
Procurar nos comentários
Search in excerpt
Procurar nas mensagens
Procurar nas páginas
Search in groups
Search in users
Search in forums
Filtrar por tipo
Filter by Categories
Devocional
Notícias
Palavra dos pastores
Uncategorized
Vida Cristã

Data:
images-63

“Por isso jejuamos e suplicamos essa bênção ao nosso Deus, e ele nos atendeu.” (Esdras 8:23)

O sacerdote Esdras e os que viajavam com ele precisavam de proteção para o que seria uma jornada longa e difícil. Esdras havia contado ao rei como seu Deus era poderoso. Ele certamente poderia protegê-los no caminho.

Então jejuaram e oraram.

Oração e jejum são sempre armas fortes para manter afastado o inimigo e derrubar fortalezas. Quando o Senhor põe em seu coração que certo pedido que precisa ser acompanhado de jejum, é importante que escute. Jejum e oração enfraquecem o poder das forças espirituais do mal, inibindo a interferência delas em sua vida.

O jejum comunica: “Sou um ser espiritual antes de um ente físico. Embora seja também um ser físico e precise de alimento, confirmo assim a supremacia de minha lealdade espiritual além e acima da lealdade ao corpo e a seu desejo de alimento”.

Sempre que tiver de enfrentar uma circunstância difícil, pode ficar certo de que, ao jejuar e orar, muito estará sendo realizado no reino espiritual.

O tipo de jejum que Deus deseja é o de um coração disposto a dizer: “Sim, Deus, fico sem comer durante algum tempo se isso significar que uma criança será curada, alguém que se encontra nas trevas será movido para a luz, ou que eu possa viver com mais sabedoria, paz e poder. Um jejum é um preço pequeno a pagar por tudo isso”.

Fique aberto para ouvir o que o Senhor tem a dizer-lhe sobre o jejum. Se você puder jejuar, faça-o por confiar nele, amá-lo e reconhecer-lhe o poder.

Fonte: Diante do Trono

CategoryDevocional
Topo
Compartilhar: