Resultados exatos
Procurar nos títulos
Procurar no conteúdo
Procurar nos comentários
Search in excerpt
Procurar nas mensagens
Procurar nas páginas
Search in groups
Search in users
Search in forums
Filtrar por tipo
Filter by Categories
Devocional
Notícias
Palavra dos pastores
Uncategorized
Vida Cristã

Data:
1397756303384-cruz

E porá a mão sobre a cabeça do animal do holocausto para que seja aceito como propiciação em seu lugar. (Levítico 1:4)

No sistema de sacrifícios do antigo testamento, o perdão exigia um preço.

Hoje, entendemos o perdão ao olhar o sacrifício de Cristo. No antigo testamento, o povo esperava pela salvação de Cristo. Os sacrifícios e as ofertas prenunciavam a provisão que viria por meio de Jesus. Os sacrifícios constituíam símbolos — a vida de animais inocentes era oferecida como pagamento pelos pecados do povo. O animal não era simplesmente colocado na porta do tabernáculo. Levítico 1:4 diz que o adorador colocava a mão sobre a cabeça do animal que seria morto. Uma vez consumado o sacrifício, os sacerdotes cuidavam do restante. Não antes. A morte do animal simbolizava a punição pelo pecado e a necessidade de perdão do povo a fim de ter um relacionamento com Deus.

Quando você se apresenta a Deus para confessar os pecados, sente que o preço pago por Jesus é real? É tão real quanto se pusesse a mão na cabeça dele enquanto ele carregava a cruz para o Gólgota? Hoje, o perdão pode parecer tão sanitizado como a carne que compramos no supermercado. É fácil esquecer que uma morte ocorreu para que pudéssemos ter a provisão.

Tenha em mente que o preço para o seu perdão foi pago pelo sacrifício de Jesus. O antigo sistema sacrificial serve de lembrança de que o preço era a própria vida.

Fonte: Diante do Trono

CategoryDevocional
Topo
Compartilhar: