Resultados exatos
Procurar nos títulos
Procurar no conteúdo
Procurar nos comentários
Search in excerpt
Procurar nas mensagens
Procurar nas páginas
Search in groups
Search in users
Search in forums
Filtrar por tipo
Filter by Categories
Devocional
Notícias
Palavra dos pastores
Uncategorized
Vida Cristã

Data:
Paz

“Então Moisés clamou ao Senhor: ‘Ó Deus, por misericórdia, concede-lhe cura!’.” (Números 12:13)

As duas pessoas que o Senhor mostrara a Moisés para ajudá-lo eram sua irmã, Miriã, e seu irmão, Arão (Mq 6:4). Seria de esperar que fossem seus defensores, porém, esses dois familiares, que deveriam ser os mais leais, falavam contra ele.

Amigos ou colegas podem magoar-nos, mas, quando a traição surge na própria família, a dor é profunda. Moisés, no entanto, não ficou remoendo a mágoa, mas orou pela irmã.

Deus confrontou Miriã e Arão na tenda do encontro, mas foi sobre ela que o castigo caiu. Miriã era a mais velha e Deus a considerou responsável pela divisão disseminada no acampamento. Como resultado, ela foi atacada de lepra, uma moléstia que a obrigaria a separar-se do resto do povo, talvez até o fim da vida. Arão ficou horrorizado ao testemunhar o resultado da desobediência e deslealdade deles e pediu a Moisés que os perdoasse.

Moisés clamou imediatamente ao Senhor pela irmã: “Ó Deus, por misericórdia, concede-lhe cura!”. Embora ainda tivesse de enfrentar a consequência de ter desagradado ao Senhor, Miriã foi restaurada ao povo depois de sete dias. Deus respondeu à súplica de Moisés em favor daquela que o prejudicara.

Se algum membro de sua família o magoou, peça a Deus para ajudá-lo a perdoar. Ore por essa pessoa, porque a oração tem grande poder para restaurar relacionamentos familiares. Deus ainda considerará esse indivíduo responsável pelos pecados cometidos, mas perdoar e orar em favor dele tem o poder de libertá-lo de todo sofrimento e de toda amargura.

Fonte: Diante do Trono

CategoryDevocional
Topo
Compartilhar: