Resultados exatos
Procurar nos títulos
Procurar no conteúdo
Procurar nos comentários
Search in excerpt
Procurar nas mensagens
Procurar nas páginas
Search in groups
Search in users
Search in forums
Filtrar por tipo
Filter by Categories
ACONTECE
Devocional
Notícias
Palavra dos pastores
Uncategorized
Vida Cristã

Data:

Recordar-te-ás de todo o caminho pelo qual o Senhor, teu Deus, te guiou no deserto estes quarenta anos, para te humilhar, para te provar, para saber o que estava no teu coração, se guardarias ou não os seus mandamentos. (Dt 8:2.)

Senhor, tu conheces o meu coração.

Sabes quando estou triste ou alegre,

Quando venço, apesar de pensarem que perdi.

Quando perco, apesar de pensarem que ganhei.

Quando tudo parece estar no fim.

Eu sei que estás bem junto de mim.

Somente Deus pode saber o que há no profundo do coração humano. Muitas vezes somos enganados por nosso próprio coração. Pensamos que somos bons, quando a bondade está longe de nós; isso quando nossa motivação para operar alguma boa obra é interesseira ou egoísta.

Davi canta ao Senhor, no Salmo 139, uma das mais lindas orações do coração. É uma meditação a respeito da vida e do relacionamento do homem com o seu Criador supremo. Senhor, tu me sondas e me conheces – Davi declara logo de início. Ele reconhece que somente Deus pode realmente conhecê-lo, então se entrega em suas mãos divinas para ser conduzido pelo caminho eterno.

O pedido para ter o coração sondado por Deus é tremendo em todo o seu significado. As sondas penetram onde os olhos humanos não podem acompanhar. Por exemplo, no exercício da odontologia, às vezes o dentista examina um dente aparentemente perfeito e toma nas mãos um instrumento para o exame clínico – a sonda exploradora. Esta, quando toca no sulco do dente, fica “agarrada”, diagnosticando desmineralização do esmalte dentário, ou seja, indício de cárie. Ninguém poderia supor, apenas pelo olhar, que ali haveria uma cárie dental. Mas o uso da sonda a revelou para ser tratada.

Sondas espaciais são enviadas para explorarem os mundos desconhecidos pelo homem. E elas fotografam e enviam informações que, ao serem analisadas, permitem que seja traçado o perfil do planeta ou corpo celeste examinado. São detalhes de real importância para o conhecimento e descrição fiel do objeto em foco; se há possibilidade de vida ou não em seu solo. Todas as informações são enviadas por estas sondas. Sem elas não se cogitaria conhecimento real.

E quando o crente ora ao Senhor, a exemplo de Davi, pedindo-lhe que o sonde, está expondo o próprio coração para ser provado. O que há dentro dele será exposto, geralmente através de desertos e provas. Mas o que Deus revela não é para nos magoar ou humilhar diante dos outros, mas sim para sermos tratados, curados e restaurados. Como Deus é bom!

Deixemos, pois, que nos desertos da vida, tenhamos o coração sondado pelo Senhor, para que a vitória se estabeleça e as falhas sejam tratadas completamente.

Por Angela Valadão Cintra

Fonte: Diante do Trono

CategoriaVida Cristã
Escrever comentário

*

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Topo
Compartilhar: