Resultados exatos
Procurar nos títulos
Procurar no conteúdo
Procurar nos comentários
Search in excerpt
Procurar nas mensagens
Procurar nas páginas
Search in groups
Search in users
Search in forums
Filtrar por tipo
Filter by Categories
Devocional
Notícias
Palavra dos pastores
Uncategorized
Vida Cristã

Data:
Unknown-5


E me farão um santuário, para que eu possa habitar no meio deles. (Êxodo 25:8)

Moisés recebeu uma ordem de Deus para construir um santuário porque havia decidido vir morar com seu povo. Esse tabernáculo deveria ser feito de madeira de acácia, uma madeira dura, retorcida e cheia de nós, símbolo da nossa natureza pecaminosa. Moisés deveria cerrar tábuas iguais, unir umas às outras por meio de engastes e colocá-las de pé sobre uma base de prata. Depois, deveria revesti-las de ouro puro, símbolo da glória de Deus. Quem olhasse para o tabernáculo não veria acácia, mas ouro. Isso é um símbolo do que Deus fez por nós, quando nos cobriu com a justiça de Cristo. Deus não nos vê segundo nossos pecados, mas nos vê como revestidos com a perfeita justiça de seu filho. A acácia do nosso pecado foi tragada pelo ouro da justiça de Cristo. Se o santuário é o símbolo da igreja, a arca da aliança que estava dentro do santuário é o símbolo de Cristo. Somos a morada de Deus. Cristo habita em nós. Somos o santuário do Espírito Santo. Nem os céus, na sua vastidão, podem conter Deus, mas Ele resolveu descer e habitar entre nós e em nós. Que verdade gloriosa! Que notícia alvissareira! Que privilégio bendito!

Fonte: Gotas de consolo para alma – Hernandes Dias Lopes

CategoryDevocional
Topo
Compartilhar: